sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Bancada da REDE vota contra fundo bilionário para financiar campanhas eleitorais

A bancada da REDE Sustentabilidade na Câmara dos Deputados votou contra o Fundo Partidário de R$ 1,7 bilhões, na noite desta última quarta-feira (05). Com a atuação integrada dos deputados durante toda a sessão, o destaque foi na atuação durante a decisão de votação nominal do chamado Fundão.
Enquanto os grandes partidos, que são favoráveis às campanhas bilionárias com dinheiro público, não queriam uma votação nominal, o líder da bancada, deputado João Derly (RS), questionou o Plenário. “Para aprovar o Fundo tem que ter coragem. Temos que colocar a nossa digital e mostrar quem defende isso de fato. Se defende o Fundão, então marque no painel de votação e a sociedade saiba o que cada um votou aqui”, disse.
O deputado Miro Teixeira (RJ) também comentou durante a votação: “Diziam que são honrados o que querem o financiamento público. Mas são honrados e não querem colocar a digital no honrado voto”
Os deputados Alessandro Molon (RJ) e Aliel Machado (PR) foram ao microfone defender também o limite de gastos nas campanhas, para evitar que as eleições se tornem disputas de candidaturas milionárias.
Fonte: Rede Sustentabilidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário