Olá, entre em contato com a redação do blog através do e-mail: humbertoruy@gmail.com

Maia quer celeridade no julgamento de denúncia contra Temer

Foto: reprodução
O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, afirmou, em declaração à imprensa, considerar que o Congresso Nacional deva definir rapidamente se aceita ou não a denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva, apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

Maia afirmou achar necessário “votar a denúncia rápido” para seguir adiante com a votação das reformas trabalhista, da Previdência e do sistema tributário e mudanças na legislação na área de segurança pública. Mas,  ele disse que existe a possibilidade da Comissão de Constituição e Justiça só concluir o trabalho no dia 17 de julho, quando começa o recesso parlamentar. Neste caso, a votação seria na primeira semana de agosto – a não ser que o plenário da Câmara dos Deputados aceite votar durante o recesso.

Cabe ao plenário da Câmara dos Deputados votar o relatório que será apresentado pela Comissão de Constituição e Justiça e decidir se a denúncia contra Temer será aceita ou não. O presidente precisa garantir 172 votos para evitar o julgamento. Maia não quis comentar o que faria caso Temer fosse derrotado na Câmara e tivesse que assumir seu lugar.

Jornal Pequeno