Olá, entre em contato com a redação do blog através do e-mail: humbertoruy@gmail.com

Câmara Municipal de Tutóia segue pauta polêmica da semana

Informações: Blog do Antônio Amaral

Noite de segunda-feira(8), com uma galeria lotada aproximadamente com 57 pessoas e na sessão os vereadores(a), Jamilza Baquil, Raimundinho de Seriema, Enilson Santos, Gleyson do Carlito, Paulo Roberto, Paulo Rogério, Willian Silva, Raimundo do Sintraf, Isaias Aquino, Nélio do Porto de Areia, Viriato.

Após a leitura do Secretário da Mesa Diretora com os projetos de lei, a pauta seguiu com os debates de inteira importância como a valorização da cultura e as danças folclóricas de autoria do vereador Paulo Rogério, o uso do capacete obrigatório no centro da cidade de autoria do vereador Paulo Roberto, projeto de de lei que causou bastante estranheza nas discussões já que as normas federal é indispensável o uso do mesmo em qualquer que seja o lugar em qualquer território brasileiro na condução da motocicleta e outros...

Mas diante das discussões ficou totalmente obscuros os requisitos do projeto de lei que garante a segurança do condutor ou do próprio passageiro no banco carona. Enfim foi considerado de forma equivocada a aprovação de alguns parlamentares que talvez por desconhecer as leis vigentes da Lei Federal e do Trânsito Brasileiro a grande importância do uso do capacete.

Mas outra grande surpresa ainda estava por vim entre as discussões dos vereadores e cidadãos presente na galeria quando a parlamentar do grupo da oposição a vereadora Jamilza Baquil, abordava em sua discussão a lentidão do governo municipal, no quesito iluminação pública e lista dos excedentes onde a mesma já havia encaminhado a mesa diretora e ao poder executivo explicações do não chamamento dos excedentes entre Janeiro a Maio/2017. Só lembrando que a vereadora ocupou cargos importantes no governo passado como chefe de gabinete e secretária de fazenda do município durante a gestão de 8 anos, entre 2009 a 2016. Considerado gestão obscura e não havendo transparência na época nos gastos públicoS enquanto esteve no comando de duas principais pastas do governo passado.

A parlamentar cometeu outro equívoco durante em sua fala e ao ser interferida por um popular enquanto ocupava a galeria e durante a sessão concedeu a fala ao popular como se o regimento interno permitisse a pronúncia se não fosse através de ofícios em prazos de 72 horas. Ou que comprovasse ser representante de alguma instituição ou convidado pela própria Câmara Municipal. Enfim gerou discussão entre o popular que usava a fala e o títular do Blog, que percebeu-se ter ferido naquele momento o regimento Interno da Casa, quando a parlamentar não se quer consultou o presidente da Mesa, se podia ou não abrir oportunidade para manifestação de qualquer cidadão(ã), que esteja assegurado na democracia e na Constituição Federal.

Agora preocupa a condução da presidência da Casa, se não  for retomado o controle da ordem e do progresso já que o Poder Legislativo detém da Lei Orgânica e regido do regimento interno da casa dos treze vereadores.

Finalizando o que já havia sido publicado no início da semana foi o pronunciamento do vereador do PDT, Raimundo do Sintraf, quando oficializou na tribuna sua pré-candidatura à deputado estadual, pelo município de Tutóia, para as próximas eleições de 2018, Segundo o parlamentar seu nome estará a disposição da população para consultas popular já que o município de Tutóia, até hoje não tem sido respeitado por deputados que adquirem votos em Tutóia, todos moradores de outras cidades do Maranhão, e desaparecem após os resultados das urnas. Disse o vereador que desde a saída do cenário do ex. prefeito Merval Melo, que já ocupou a cadeira de deputado e do ex, deputado Zé Orlando, Tutóia, precisa ter uma força representativa nesse município.