Olá, entre em contato com a redação do blog através do e-mail: humbertoruy@gmail.com

No Dia da Mentira, Flávio Dino aparece com 60% de aprovação. Você acredita?

Ontem, primeiro de abril, o Dia Internacional da Mentira, os maranhenses foram tomados de surpresa com a divulgação de uma pesquisa irônica de que Flávio Dino tem sua gestão aprovada por 60% da população. Como o contratante foi o Jornal Pequeno (serviçal do serviçal do governo) e realizada pelo Instituto Exata (contratada pelo Palácio dos Leões para levantar o ego do governador), o resultado não poderia ter sido diferente. Mas esqueceram que ontem foi o Dia da Mentira.
A pesquisa foi feita dias depois do governador lançar um pacote de maldades, elevando os impostos da energia elétrica, da gasolina e de vários outros segmentos que obrigam a população ao sacrifício. Então quer dizer que nós maranhenses somos masoquistas e cultuamos o sofrimento imposto pelo governador?
Dos entrevistados da pesquisa do Dia da Mentira, esqueceram que o levantamento foi feito dias depois que o governo fez aprovar projeto que criou reajuste mínimo no salário dos professores pela via da gratificação aos invés de aplicá-lo no vencimento. Serão os professores adoradores do sofrimento e ainda batem palmas para o ditador de plantão?
Os policiais civis militares amargam salários baixos em relação a outros estados, além dos riscos que correm no enfrentamento aos bandidos bem aparelhados. Serão que todos estão batendo sorridentes continência ao pançudo governador?
Os médicos que fizeram campanhas espontâneas para eleger Flávio Dino e agora vivem reclamando dos constantes atrasos de salários e da falta de condições de trabalho mudaram todos de opinião na hora da pesquisa do Dia da Mentira?
Vejam os caros leitores do blog que o Bolsa Deboche da Família (aquele dinheiro dado uma vez por ano que mal compra uma mochila e lápis) foi lembrado por apenas 13% do total de entrevistados.
Os maranhenses que sabem que o número de policiais aumentou só chegam a 11%. Pior mesmo foi o Programa Mais Asfalto que é conhecido por apenas 7% dos entrevistados, sinal de que ainda tem muita gente que não sabe o que é o piche ou o breu. O reajuste fraco e magro dado aos professores chegou aos ouvidos de apenas 6%.
Então, senhores, como pode esse governo cruel, perseguidor das liberdades de imprensa e expressão, achar que tem 60% de aprovação?
Como 1º de Abril é o Dia da Mentira, o governo Pinóquio que goze de si mesmo, mas não de nós.
FONTE: BLOG DO LUIS CARDOSO